Blog do Juares | Deus tem uma ideia melhor

Camaquã-RS
00:43
21/01/2018

Blog do Juares | Deus tem uma ideia melhor

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
PROGRAMAÇÃO MUSICAL DAS 8H ÀS 24H!
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Douglas Ebel Klug - Poesia e Religião

Douglas Ebel Klug - Poeta da Vida. "A alma simplesmente escreve o que o coração dita".

Deus tem uma ideia melhor

18/11/2017 | 08h46 | Fonte: Douglas Ebel Klug / Foto: Divulgação
Compartilhe:

Se alguma vez existiu um sujeito que tinha o direito de pensar que Deus o tinha abandonado, esse era José. O primeiro livro da Bíblia, Gênesis, capítulos 37, e 39 a 50, nos conta a história que os dez irmãos de José tinham ciúmes e inveja dele. Movidos por essa inveja, os irmãos decidiram matar José. Enquanto eles estavam decidindo sobre qual seria a melhor forma de fazer isso, eles tiveram uma ideia melhor. Uma caravana de mercadores passava por ali, e os dez irmãos decidiram vender José como escravo. Dessa forma, os irmãos pensavam que José não iria viver muito tempo na condição de escravo e logo a culpa por sua morte cairia sobre outras cabeças.

Levado para terras estrangeiras, José foi comprado por um oficial do rei. O oficial observou a honestidade e as habilidades administrativas de José e por isso o encarregou de toda a administração de sua casa. Parece que a vida de José estava indo muito bem. A sua situação melhorou muito. Mas aconteceu que a mulher do oficial era falsa e por causa dela José foi acusado e acabou sendo condenado à prisão.

Nessa altura, ninguém recriminaria José se ele tivesse perdido a sua fé, e gritado: “Não existe Deus! Se Deus existe, Ele não deixaria tanto sofrimento acontecer!” Mas José não desistiu de Deus. Ou mais precisamente, Deus não desistiu de José. Deus tinha um plano na vida dele. Alguns anos mais tarde o rei dessa terra teve um sonho que o perturbou por muito tempo. E não por aquelas terras ninguém soube explicar ao rei o que aquele sonho quis dizer. Apenas José conseguiu dar um significado real e verdadeiro ao sonho do rei, porque Deus lhe havia revelado esse significado.

Anos mais tarde depois desse sonho do rei, a história nos conta que vieram a essa terra os irmãos de José em busca de alimento durante aqueles anos de seca e de fome. José se encontra com os irmãos que o maltrataram e o venderam lá no passado. José é governador daquele país, ele poderia ter aproveitado o momento e ter-se vingado de seus irmãos. Mas com lágrimas nos olhos José perdoou os seus irmãos, e lhes disse: “Não fiquem tristes nem aborrecidos com vocês mesmos por terem me vendido a fim de ser trazido para cá. Foi para salvar vidas que Deus me enviou na frente de vocês” (Gn 45.5)

A Bíblia promete: “Todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano” (Rm 8.28). Isto não significa que os cristãos em Cristo nunca sofrerão sem um propósito. Homens maus causam toda sorte de sofrimento e de conflitos, mas Deus promete que as suas ações serão transformadas em bênçãos sobre seus filhos. Quando José se encontrava em sua cela na prisão, ele não sabia exatamente qual o bem que poderia resultar de seu apuro, mas ele tinha certeza que Deus manteria a sua Palavra.

Que todos nós possamos sempre permanecer firmes na nossa fé em Cristo Jesus, nosso Redentor. Amém!

Compartilhe:

deixe seu comentário