Blog do Juares | Brasis

Camaquã-RS
12:01
10/12/2018

Blog do Juares | Brasis

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Alceu Amaral - Literatura e Cultura

Alceu Amaral da Silva é natural de Pelotas-RS, formado em Letras. Professor, Pós-graduando em Educação de Jovens e Adultos pela FURG. Funcionário público, escritor amador, ativista Cultural. Administrador do Festival Rock e Poesia em Camaquã, Coautor do Livro Eclipses e Elipses e Destilando Poesias e contos no Blog Mouroblog.com .

Brasis

26/05/2018 | 23h54 | Fonte: Alceu Amaral / Foto: Divulgação
Compartilhe:

Em tempos bicudos como o que enfrentamos, nós da cultura e ensino temos alguns deveres com nossos pares, um deles é repassar conhecimento, e fazer uma análise imparcial das abundantes informações que nos chegam é uma arma essencial, para isso analisar os discursos é essencial .

Lembro-me de uma grande mestre que tive na Faculdade de Letras a senhora Maria Morales Hernandéz Dias que dizia, “ Não há discurso ingênuo meu alunos”. Ela se referia que ninguém escreve ou fala sem uma intenção por trás de suas linhas, o locutor insere suas ideias em suas palavras, fluindo positivamente ou negativamente ao sabor de suas ideologias.

Saber distinguir estas cores nesta grande obra abstrata que se tornou a mídia nacional é uma arte.

A análise do discurso é um forte aliado para decodificar ideologias escondidas nas entrelinhas, não serei muito teórico, mas Análise de Discursos é uma ciência que consiste em analisar a estrutura de um texto e, a partir disto, compreender as construções ideológicas presentes no mesmo. E discurso é a construção linguística junto ao contexto social onde o texto se desenvolve. Ou seja, as ideologias em um discurso são diretamente construídas e influenciadas pelo contexto político-social em que o seu autor está inserido.

Muito tem se falado da forma tendenciosa dos meios de comunicação, mas devemos ficar atentos e críticos a o emaranhado numeroso destas informações. Claro que quanto mais cultura e educação mais fácil temos o desvelamento da verdade.

Tudo na vida é dual e o Brasil não difere desta verdade perene. Temos o que defende e o que acusa, o que se revela e o que se vela, o pobre e o rico, o vermelho e o amarelo, desvendar os dois lados dos fatos é tarefa fundamental para a construção de um bom cidadão.

Lembro de uma música do múltiplo artista Seu Jorge que profetiza:

Tem um Brasil que é lindo
Outro que fede
O Brasil que dá
É igualzinho ao que pede..
Tem um Brasil que soca
Outro que apanha
Um Brasil que saca
Outro que chuta
Perde, ganha
Sobe, desce
Vai à luta bate bola
Porém não vai à escola...

Ouso dizer que se investimentos em educação e cultura fossem um commodities tão importante como café, açúcar, soja, trigo, petróleo, ouro hoje teríamos uma discussão acima do básico como vemos nesta tela quase surreal que é o Brasil.

Por fim afirmo que não tenho aqui tendência política partidária, meu partido é repartido com os amantes das artes e da cultura.

A música citada pode ser encontrada aqui: https://www.youtube.com/watch?v=RLuVJqRBvco

Compartilhe:

deixe seu comentário