Blog do Juares | Anorexia nervosa

Camaquã
23:02
24/06/2017

Blog do Juares | Anorexia nervosa

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
OS MELHORES FLASHBACKS!
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Anorexia nervosa

07/11/2016 | 22h07 | Fonte: Jaqueline da Maia / Foto Divulgação
Compartilhe:

O verão chegou e com ele todas as coisas inerentes à estação. Enquanto alguns pensam em sol, sorvete e praia alguns sofrem por outros motivos, com o calor é comum aquela paradinha na frente do espelho, para dar uma conferida na produção, mas para algumas pessoas se transforme num inimigo, ou um meio de apontar os defeitos que a “ tal moda dita”, sobre o que é O CORPO PERFEITO, e isso tornou a vida de algumas pessoas um ato de peregrinação, sacrifícios e muitas vezes punição na incessante busca da perfeição(!?). Só que existem pessoas que são muito vulneráveis, e por vários motivos não conseguem controlar alguns impulsos , e o que começa com uma vaidade ( ser magra parece que é sinônimo de beleza!!!???) pode desencadear distúrbios, entre eles a ANOREXIA NERVOSA.

É um distúrbio alimentar que provoca uma perda de peso acima do que é considerado saudável, assim as pessoas que estão nesse processo continuam a ter medo de engordar, mesmo já apresentando um peso abaixo do normal para sua estatura. O individuo com o distúrbio possui uma distorção de sua imagem corporal. Quando se olha no espelho o que vê é um corpo acima do peso, assim se acrescenta a esse quadro a ANSIEDADE, que colabora e reforça o comportamento do “não comer”, muitas vezes se tornando mais agressivo.

A causa da anorexia ainda é desconhecida, mas deve se levar em conta: fatores biológicos, psicológicos e ambientais. Ambientes familiares onde a APARÊNCIA é mais importante que a ESSÊNCIA é perfeita para que esse tipo de distúrbio se instale. A questão genética, hormonal, social pode contribuir para a manutenção do quadro e deve ser observada.

Esse distúrbio surge com mais frequência em: mulheres, mas homens também desenvolvem; jovens – por sofrerem pressão social; casos já existentes na família; em momentos de grandes mudanças na vida ou na rotina do adolescente; pessoas ligadas ao esporte, mundo artístico e modelos. Sendo a mídia uma das grandes responsáveis pelo desenvolvimento desse distúrbio.

Sintomas: medo de engordar ou ficar acima do peso, recusa em se manter num peso adequado a idade e altura, imagem do corpo distorcida, falta de menstruação, vômitos provocados, uso indiscriminado de diuréticos - laxantes, pensamento lento, depressão, sensibilidade ao frio (vestir várias roupas p ficar aquecido e disfarçar a silhueta). O ideal é procurar ajuda aos primeiros sintomas, sendo que a família é muito importante, pois é ela que vai perceber e procurar ajuda.

Jaqueline da Maia

Psicóloga

CRP 07/19163

CEL 51-99889-0134

Compartilhe:

deixe seu comentário