Blog do Juares | Grêmio goleia a Chapecoense na Arena Condá e assume vice-liderança do Brasileirão

Camaquã-RS
23:02
17/12/2017

Blog do Juares | Grêmio goleia a Chapecoense na Arena Condá e assume vice-liderança do Brasileirão

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
BJ RÁDIO WEB, NA ONDA DO VERÃO!
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Esportes

Grêmio goleia a Chapecoense na Arena Condá e assume vice-liderança do Brasileirão

08/06/2017 | 23h13 - Fonte: Correio do Povo / Foto Lucas Uebel / Grêmio
Compartilhe:

Everton, com três gols, foi o destaque de goleada de 6 a 3 na noite desta quinta-feira

O Grêmio teve mais uma atuação de luxo no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira (8), o time gremista não tomou conhecimento da Chapecoense, que iniciou a rodada na liderança, e com uma grande atuação aplicou uma goleada de 6 a 3 na Arena Condá. 

O grande nome da partida foi Everton, que entrou no lugar de Lucas Barrios no segundo tempo e marcou três gols. Michel, duas vezes, e Luan completaram o placar para o Grêmio. Luiz Antônio, também duas vezes, e Arthur Caike marcaram para a Chape. 

Com a vitória, o Grêmio vai a 12 pontos e assume a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. A Chapecoense cai para o quinto lugar, com 10. O próximo compromisso do Tricolor é na segunda-feira (12) diante do Bahia na Arena. 

Michel marca duas vezes em primeiro tempo brigado

Em um gramado bastante prejudicado pela chuva, Grêmio e Chapecoense fizeram um primeiro tempo muito disputado taticamente na Arena Condá. Montada no 4-1-4-1, a Chape tentou encaixar sua marcação com o 4-2-3-1 gremista. 

Desde os primeiros minutos, o time da casa apostou em uma marcação forte na saída de bola gremista com os meias Luiz Antônio e Seijas colando em Arthur e Michel. A boa marcação da Chapecoense exigiu paciência do Grêmio no começo da partida. 

Se a marcação da Chape era boa, tinha de aparecer a individualidade para o Grêmio. E ela veio em um lance de rara felicidade de Michel. Aos 20 minutos, o volante recebeu pouco depois da linha de meio-campo, viu o Jandrei adiantado e arriscou direto para o gol. A bola passou por cima do goleiro e morreu no fundo do gol, 1 a 0. 

O gol acirrou os ânimos na Arena Condá. Logo após Michel abrir o placar, Wellington Paulista levou cartão amarelo por um lance mais forte. Na sequência, Kannemann deu um carrinho forte em Apodi e também levou amarelo. No mesmo lance, Cortez foi amarelado por reclamação. 

O Grêmio aproveitou o momento para marcar o segundo. Em uma falta na entrada da área, Luan bateu com muita qualidade e encontrou Michel na área. Em noite de artilheiro, o volante cabeceou no canto para marcar o seu segundo gol, 2 a 0. 

O 2 a 0 dava uma vantagem para deixar o Grêmio tranquilo até um lance confuso aos 35. Luiz Antônio bateu falta para a área, Marcelo Grohe agarrou a bola, mas escorregou em direção ao gol. O árbitro Rodolpho Marques validou o gol, 2 a 1. 

Na base da força, a Chapecoense quase chegou ao empate no minuto final do primeiro tempo. Após cruzamento de Rossi, Victor Ramos finalizou por baixo de Marcelo Grohe e Kannemann apareceu para salvar quase em cima da linha. Final de primeiro tempo: Chapecoense 1 x 2 Grêmio. 

Everton sai do banco, marca três e Grêmio goleia a Chape

O segundo tempo foi mais movimentado e aberto que o primeiro. A Chapecoense iniciou a segunda etapa em busca do empate. Com dificuldade para chegar com bola rolando, a equipe catarinense apostava na força dos lançamentos de laterais direto para área de Luiz Antônio. Dessa forma, aos 4, Grohe saiu mal do gol e a bola sobrou para Wellington Paulista, mas o centroavante, com o gol aberto, mandou para fora. 

A resposta do Grêmio veio aos 11. Barrios recebeu passe de Arthur e rolou para Luan, mas Apodi apareceu de carrinho para evitar o gol do camisa 7. Logo depois, Barrios sentiu dores e pediu para ser substituído. 

Para o lugar de Barrios, o técnico Renato Portaluppi chamou Everton. E o treinador não poderia ter feito escolha melhor. Em seu primeiro lance na partida, Everton recebeu passe de Michel e tocou por cima de Jandrei para ampliar o placar, 3 a 1. 

O Grêmio ainda comemorava o terceiro gol quando fez o quarto. E foi ele, Everton, quem marcou. Dessa vez ele recebeu em velocidade e bateu à direita de Jandrei para transformar o placar em goleada, 4 a 1. 

A Chapecoense chegou a diminuir em mais um lance polêmico deRodolpho Marques. Aos 25, Rossi cruzou da direita, a bola bateu em Cortez e o árbitro marcou pênalti. Reinaldo bateu sem chances para Grohe e diminuiu, 4 a 2. 

A noite, porém, era de Everton. Logo depois, aos 35, ele recebeu passe de Luan, levantou a cabeça e bateu de chapa no canto esquerdo de Jandrei para marcar seu terceiro gol na partida, 5 a 2 Grêmio. 

Nos minutos finais, Arthur Caike aproveitou cruzamento para diminuir novamente, 5 a 3, mas o placar voltou a ser de goleada do Grêmio com Luan no minuto seguinte. Final de jogo: Chapecoense 3 x 6 Grêmio. 

Campeonato Brasileiro - 5ª rodada 

Chapecoense - 3

Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Victor Ramos e Reinaldo; Girotto, Luiz Antônio (Osman), Seijas (Nadson), Rossi e Arthur Caike; Wellington Paulista (Túlio de Melo). Técnico: Vagner Mancini. 

Grêmio - 6

Marcelo Grohe; Leo Moura (Edílson), Rafael Thyere, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Pedro Rocha (Maicon) e Luan; Lucas Barrios (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.

 

Gols: Luiz Antônio (35min1/1°T), Reinaldo (25min/2ºT), Arthur Caike (42min/2ºT); Michel (20min/1T-26min/1ºT), Everton (14min/2ºT-15min/2ºT-35min/2ºT), Luan (45min/2ºT)

Cartões amarelos: Welllington Paulista, Apodi, Girotto, Rossi (CHA); Kannemann, Cortez, Marcelo Grohe (GRE)

Arbitragem: Rodolpho Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos

Local: Arena Condá, em Chapecó.

Compartilhe:

comentários