Blog do Juares | Polícia Civil efetua prisão e apreende carga de polietileno avaliada em 152 mil reais, em Tapes

Camaquã-RS
07:57
20/09/2017

Blog do Juares | Polícia Civil efetua prisão e apreende carga de polietileno avaliada em 152 mil reais, em Tapes

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
Os melhores flashbacks de todos os tempos!
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Polícia

Polícia Civil efetua prisão e apreende carga de polietileno avaliada em 152 mil reais, em Tapes

14/07/2017 | 09h24 - Fonte: DRFC/Deic / Edição Blog do Juares / Foto Polícia Civil
Compartilhe:

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DRFC/Deic), prendeu no final da tarde dessa quinta-feira (13) um homem por roubo majorado em Tapes. Uma carga de polietileno avaliada em 152 mil reais foi recuperada.

Segundo os delegados Gustavo Bermudes Menegazzo da Rocha e Alexandre Luiz Fleck, após o registro da ocorrência os policiais fizeram diligências e, no interior de um sítio na área rural de Tapes, visualizaram a carreta e a carga subtraída. Iniciou-se então o monitoramento do local, culminando com a prisão de um dos autores do delito, que tem antecedentes por receptação.

Também foram recuperados dois veículos, uma Van Renault e uma Fiat Fiorino, ambas com suspeita de adulteração, além de diversos objetos utilizados na prática criminosa, como toucas ninjas, dois jammer's, peruca, rádios comunicadores e diversas munições de espingarda calibre 12. A carga recuperada está avaliada em 152 mil reais e foi integralmente recuperada, assim como a carreta da empresa vítima.

Os delegados Gustavo Rocha e Alexandre Fleck salientam a importância da pronta resposta no combate efetivo ao furto e roubo de cargas como a única maneira de recuperar a carga antes que seja recolocada no mercado. Conforme os delegados, o mesmo indivíduo pode estar envolvido em diversos outros fatos criminosos da mesma natureza, os quais serão apurados por meio de inquérito policial.

O Diretor da Divisão de Investigação Criminal do Deic, delegado Sander Cajal, reafirmou o compromisso da Polícia Civil com a sociedade, intensificando as ações decorrentes de associações e organização criminosas. A polícia não revelou a identidade do preso.

Compartilhe:

comentários