Blog do Juares | Lanús faz virada histórica sobre o River e chega à final da Libertadores

Camaquã-RS
10:56
23/11/2017

Blog do Juares | Lanús faz virada histórica sobre o River e chega à final da Libertadores

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
VEM AÍ UMA NOVA PROGRAMAÇÃO, COM CARA NOVA!
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Esportes

Lanús faz virada histórica sobre o River e chega à final da Libertadores

01/11/2017 | 08h17 - Fonte: Correio do Povo / Foto: Eitan Abramovich / AFP
Compartilhe:

Depois de sair perdendo por 2 a 0, equipe argentina aplica 4 a 2 no rival

Em uma virada histórica, o Lanús está na final da Libertadores. Copeiro, o time argentino saiu perdendo por 2 a 0, mas conseguiu vencer o River Plate por 4 a 2 nessa terça-feira (31), em La Fortaleza, assegurando um lugar para lutar por seu primeiro troféu da principal competição da América do Sul. 

Agora, o Lanús aguarda Grêmio ou Barcelona de Guayaquil, que se enfrentam nesta quarta-feira, na Arena. Com um pé na decisão, o Tricolor avança mesmo se perder por até dois gols de diferença. Independente de quem se classificar, a grande decisão da Libertadores será na Argentina, com o Lanús de mandante. 

Com gols de Scocco, de pênalti, e Montiel, o River construiu grande vantagem com 20 minutos de jogo. Mas, no último lance da etapa inicial e no primeiro do segundo tempo, Sand marcou os gols que recolocaram os donos da casa no jogo. A virada veio aos 16, com Acosta, depois de grande jogada de Sand. Aos 23, Silva, de pênalti, fez o gol da classificação.  

O jogo 

Com a necessidade da vitória, o Lanús começou em cima e perdeu grande chance aos seis minutos, quando Velázquez aproveitou escanteio da esquerda cabeceou com muito perigo. Mas já aos 15, o River jogou um balde de água fria nos mandantes. Braghieri atropelou Fernández na área e Wilmar Roldán marcou pênalti. Scocco foi para a cobrança e deslocou o goleiro para abrir o placar. 

O Lanús ainda assimilava o golpe quando levou o segundo. Aos 22, Martínez cobrou falta pela direita na direção do gol, Pinola, em posição duvidosa, tentou o desvio e obrigou Andrada a rebater para o meio da área. No rebote, Montiel apareceu para tocar para a rede. 

O gol desmontou o Lanús, que não conseguia mais atacar e ainda viu o River criar bons momentos nos minutos finais. Mas quando os donos da casa pareciam entregues, foram para o vestiário com uma esperança. Aos 45, Acosta recebeu passe na área e deixou de primeira bom passe para Sand. O atacante avançou e encheu o pé para vencer Lux. 

Arbitragem de vídeo confirma pênalti 

Se o primeiro gol acendeu a esperança do Lanús, o segundo logo na volta do intervalo colocou a equipe de vez na partida. Com apenas 40 segundos, Sand disputou na área, a bola sobrou com o Román Martínez e, depois, novamente com o centroavante, que finalizou para a rede. 

A resposta do River veio na sequência, com Scocco, que perdeu de frente para Andrada. E o lance faria falta, porque, logo aos 16, o Lanús virou a partida. Sand conseguiu se livrar da zaga pela direita e tocou no meio da área para Alejandro Silva, que cruzou rasteiro para Acosta marcar. 

Precisando de apenas mais um gol e empurrado pela torcida, o Lanús se tornou todo ataque e viu Pasquini ser puxado por Montiel na área aos 19 minutos. Inicialmente, Roldán nada marcou, mas após ser alertado pelos responsáveis pelo árbitro de vídeo, voltou atrás e assinalou pênalti. Alejandro Silva foi para a cobrança, deslocou o goleiro e marcou. 

A partir daí, o jogo ficou aberto. O Lanús não se limitava a defender e também se lançava ao ataque, mas o rival respondia rapidamente. Aos 29, Pinola aproveitou escanteio da esquerda e desviou na trave para os visitantes. Nos últimos minutos, porém, o River perdeu força e permitiu que o adversário confirmasse a festa.

Compartilhe:

comentários