Blog do Juares | Câmara de Vereadores de Dom Feliciano rebate afirmação de manifestantes

Camaquã-RS
12:28
19/07/2018

Blog do Juares | Câmara de Vereadores de Dom Feliciano rebate afirmação de manifestantes

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE AS MÚSICAS QUE MARCARAM SUA VIDA, CLIQUE AQUI!
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Política

Câmara de Vereadores de Dom Feliciano rebate afirmação de manifestantes

Servidores protestaram durante sessão de segunda reivindicando alteração de período de contratos
04/04/2018 | 15h29 - Fonte: Redação Blog do Juares / Foto: Juares da Luz / BJ / mar 2017
Compartilhe:

Durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Dom Feliciano se reuniram alguns profissionais com contratos temporários, para a realização de uma manifestação reivindicando que seja alterado o tempo de contrato, igualando ao período dos professores contratados; de 6 meses prorrogáveis por mais 6 meses. Atualmente a lei municipal (Regime Jurídico dos Servidores) só prevê contratação temporária pelo período de 3 meses prorrogáveis por mais 3 meses, o que só pode ser mudado pelo chefe do executivo, através da alteração desta lei, segundo à Assessoria da Câmara que enviou nota ao portal de notícias Blog do Juares, após publicação, ainda na noite da terça-feira (3), sobre a manifestação dos servidores.

Segundo ainda a nota, a manifestação dos contratados para o legislativo é inútil, a partir do momento que não depende dos vereadores a alteração da lei e sim do executivo, e os vereadores não podem votar contratações com prazos diferentes do que está previsto em lei. Por decisão da presidência da Câmara como forma de apoio à manifestação que deveria ser para o executivo, aderiu a manifestação e não colocou em votação projetos do executivo na sessão da Segunda-feira (2).

“Milene Beier de Moraes Gornicki, é a vice-primeira dama e talvez por este motivo esteja procurando aparecer e distorcer os fatos a favor do executivo municipal”, afirmou em nota a Assessoria da Câmara de Dom Feliciano.

Para câmara municipal de Vereadores o assunto esta encerrado, até que o executivo municipal, que é a autoridade competente para alterar a lei de contratações o faça. “Os áudios da sessão que desmentem o que foi dito pela vice-primeira dama estão disponíveis no site da câmara”, finalizou o teor da nota.

Compartilhe:

comentários