Esportes

Grêmio cria pouco e leva 2 a 0 do Palmeiras na Arena

Willian marcou os dois gols da partida
06/06/2018 - 23h50min Correio do Povo / Foto: Fabiano do Amaral Corrigir

O Grêmio perdeu sua invencibilidade dentro de casa no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (6), o Tricolor foi derrotado por 2 a 0 pelo Palmeiras em grande jogo na Arena. Willian marcou os dois gols da partida no segundo tempo. 

Com a derrota, o Grêmio perde a oportunidade de assumir a vice-liderança do Brasileirão. Com 16 pontos, o Tricolor é sexto colocado e foi ultrapassado pelo Palmeiras, que agora tem 17 e é o terceiro. 

O próximo compromisso do Grêmio é no sábado, às 16h, diante do América-MG novamente na Arena. No mesmo dia e horário, o Palmeiras enfrenta o Ceará em Fortaleza. 

O jogo

Bem diferente dos últimos adversários gremistas na Arena, o Palmeiras iniciou a partida pressionando no campo de ataque. Montado no 4-1-4-1, o time de Roger Machado encaixou a marcação nos homens de meio-campo do Grêmio. Moisés saiu para pressionar Maicon enquanto Bruno Henrique fez o mesmo com Arthur. Mais atrás, Felipe Melo era o responsável por vigiar Luan. Avançados, os laterais bloqueavam Lima e Everton. Essa marcação adiantada funcionou muito bem nos primeiros 10 minutos, quando o Tricolor quase não saiu de seu campo. 

Não apenas a marcação forte do Palmeiras foi efetiva. O time também conseguiu ser perigoso quando teve a bola. A melhor chance foi de Willian, que aproveitou erro de Maicon, acertou um belo chute da entrada da área e acertou a trave esquerda de Marcelo Grohe. 

O Grêmio começou a achar caminho para chegar ao ataque na velocidade de Everton. O camisa 11 conseguiu levar vantagem sobre Marcos Rocha e arriscou dois chutes da entrada da área que acabaram passando longe do gol de Jaílson. Os tiros de média distância foram a principal arma gremista no primeiro tempo. A melhor chance tricolor veio assim. O lateral Leonardo Gomes chutou forte após receber de Luan e mandou no ângulo. O gol só não saiu porque Jaílson fez uma grande defesa. 

O jogo seguiu corrido ao longo de toda a etapa inicial e “lá e cá”. A bola parou pouco no meio-campo e os dois times apostaram em jogadas de transição rápida. Já na parte final do primeiro tempo, Willian voltou a levar perigo. Aos 37, ele bateu de perna esquerda encobrindo Marcelo Grohe e acertou o travessão. 

O técnico Renato Portaluppi teve uma perda importante para o segundo tempo. Maicon sentiu um desconforto muscular na coxa e teve de ser substituído. Jaílson entrou em seu lugar. A segunda etapa seguiu com ritmo intenso, mas o Palmeiras teve uma postura menos agressiva. O time paulista se postou em seu campo à espera do Grêmio. 

Sem Maicon, o Grêmio precisou mais de Arthur na armação das jogadas. A estratégia do Palmeiras para conter ele e Luan foi abusar das faltas. Somente Felipe Melo fez três seguidas em Luan e levou amarelo. Moisés foi amarelado por entrada dura em Arthur. Ao todo, Luan e Arthur sofreram 17 faltas no jogo. 

Mesmo caçado pelos marcadores, Arthur quase fez um golaço na Arena. Aos 7 minutos, ele recebeu no lado direito da área e cruzou fechado. A bola passou por Jaílson e bateu no travessão na melhor chance de gol do Grêmio no jogo até então. 

A estratégia do Palmeiras no segundo tempo de recuar para sair em velocidade deu certo. Aos 21 minutos, Dudu deu o passe em profundida para Wilian, que correu mais que Kannemann e chutou de esquerda no canto de Marcelo Grohe para abrir o placar, 1 a 0. 

Logo após o gol, Renato fez a segunda mexida no time. Lima, que foi titular porque Ramiro sentiu lesão no aquecimento, saiu para a entrada de outro garoto: Pepê. Roger Machado respondeu com Thiago Santos na vaga de Felipe Melo para ganhar fôlego no meio-campo. 

Fôlego foi justamente o que parece ter faltado ao Grêmio. Atrás no marcador, o Tricolor não conseguiu pressionar o Palmeiras na busca do empate. Renato tentou tornar o time mais ofensivo com Thonny Anderson no lugar de Arthur, mas a equipe seguiu sem conseguir levar perigo a Jaílson. Já Roger mostrou sua preocupação em ter jogadores novos no meio-campo e fez mais duas trocas no setor: Jean e Lucas Lima nos lugares de Bruno Henrique e Moisés. 

Seguro na defesa, o Palmeiras foi letal no contra-ataque para definir o jogo aos 41 minutos. Após lançamento longo, Leonardo Gomes não conseguiu fazer o corte e a bola ficou com Willian, que tocou na saída de Marcelo Grohe para fazer 2 a 0 e decretar o placar final da partida. 

Campeonato Brasileiro – 10ª rodada 

Grêmio – 0

Marcelo Grohe; Leonardo Gomes, Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Artur (Thonny Anderson), Maicon (Jaílson), Lima (Pepê), Luan e Everton; André. Técnico: Renato Portaluppi. 

Palmeiras - 2

Jaílson; Marcos Rocha, Luan, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Jean), Moisés (Lucas Lima), Hyoran e Willian; Dudu. Técnico: Roger Machado. 

Gols: Willian (21-41min/2T),

Cartões amarelos: Paulo Victor, Luan (GRE); Dudu, Felipe Melo, Moisés, Bruno Henrique (PAL)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (Ambos do PR)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
Vencato Casas
Jornada Quântica
CVC VIAGENS
JOMAR GÁS
MIX BEBIDAS
Studio Master
ROGÉRIO CALÇADOS
ADRIANO CONRADO
RÁDIO SÃO JOSÉ
SPEED CAR
SUPER SÃO JOSÉ
BLOG DO EVALDO
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
PEGLOW
TIC-TAC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +